Programa Patrulha Agrícola através do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente

Programa Patrulha Agrícola através do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente

A Prefeitura municipal de Santo Antônio de Posse através do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente tem contribuído muito com os pequenos produtores rurais do município, através do programa Patrulha Agrícola, que consiste em prestar um serviço junto aos produtores com um valor bem abaixo do praticado pelo mercado.

Os trabalhos prestados a estes produtores são: preparo do solo, pulverização, aplicação de calcário agrícola, dentre outras operações. Para o produtor que tiver interesse na patrulha agrícola, deverá agendar junto ao Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, através do telefone (19)3896-1281, para a realização dos serviços, lembrando que a patrulha possui diversas regras em relação aos serviços prestados, pois a prioridade é de produtores rurais que não possuem maquinários agrícolas e aqueles que não possuem maquinários compatíveis aos serviços prestados.

Até o presente momento a patrulha através do trator e dos implementos já atendeu mais de 60 produtores rurais, proporcionando condições de aumento de renda nas propriedades com técnicas atuais.

O departamento também auxilia principalmente os pequenos produtores rurais nos trabalhos referentes a conservação do solo, através da marcação de curvas de nível e, também, presta todas as orientações técnicas referentes as análises de solo, época de plantio, controle das principais pragas e doenças das culturas.

Deixe um comentário

Acessibilidade

Novo modelo de identidade digital padrão do site pmsaposse.sp.gov.br atende às principais recomendações de acessibilidade indicadas para web.

Garantir a acessibilidade na Web é permitir que qualquer indivíduo, utilizando qualquer tecnologia de navegação, visite qualquer ambiente web e obtenha completo entendimento das informações contidas nele, além de ter total habilidade de interação.

Nesse ambiente, buscou-se contemplar as recomendações do WCAG (World Content Accessibility Guide) do W3C e no caso do Governo Brasileiro ao e-MAG (Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico). O e-MAG está alinhado as recomendações internacionais, mas estabelece padrões de comportamento acessível para sites governamentais.

Na parte superior do site existe uma barra de menus onde se encontra atalhos de navegação padronizados, nos subitens de Acessibilidade há opções para alterar o contraste das cores e o tamanho dos objetos, essas ferramentas estão disponíveis em todas as páginas do site.