Atenção, servidor: alíquota da Previdência sofrerá alteração

A nova alíquota foi aprovada com a reforma da Previdência e deve entrar em vigor ainda no primeiro semestre de 2020

Atenção, servidor: alíquota da Previdência sofrerá alteração

De acordo com a Emenda Constitucional n. 103/2019, que entrou em vigor em 13 de novembro de 2019, o município deverá, necessariamente, aumentar a alíquota de contribuição dos servidores de acordo com o mínimo aplicado pela União aos seus servidores. Tal medida, busca aproximar as regras dos regimes próprios de previdência à sistemática da inciativa privada, gerida pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Desta forma, os servidores públicos municipais passarão a contribuir para suas aposentadorias com 14% dos seus vencimentos, substituindo a contribuição atual de 11%. A alteração também é válida sobre as alíquotas de contribuição dos aposentados e pensionistas de qualquer dos Poderes do Município, suas autarquias, fundações e empresas públicas.

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Posse encaminhou à Câmara de Vereadores o projeto de Lei que trata da aplicação das regras da nova previdência municipal. O texto deve ser votado na próxima sessão e, se aprovado, deverá entrar em vigor em 90 dias após a data de sua publicação.

Tramitação

A Reforma da Previdência foi promulgada pelo Congresso em novembro do ano passado e é resultado da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, apresentada pelo governo federal em fevereiro de 2019. A proposta tramitou por seis meses na Câmara dos Deputados e quase três no Senado.

Deixe um comentário

Acessibilidade

Novo modelo de identidade digital padrão do site pmsaposse.sp.gov.br atende às principais recomendações de acessibilidade indicadas para web.

Garantir a acessibilidade na Web é permitir que qualquer indivíduo, utilizando qualquer tecnologia de navegação, visite qualquer ambiente web e obtenha completo entendimento das informações contidas nele, além de ter total habilidade de interação.

Nesse ambiente, buscou-se contemplar as recomendações do WCAG (World Content Accessibility Guide) do W3C e no caso do Governo Brasileiro ao e-MAG (Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico). O e-MAG está alinhado as recomendações internacionais, mas estabelece padrões de comportamento acessível para sites governamentais.

Na parte superior do site existe uma barra de menus onde se encontra atalhos de navegação padronizados, nos subitens de Acessibilidade há opções para alterar o contraste das cores e o tamanho dos objetos, essas ferramentas estão disponíveis em todas as páginas do site.