Posse sedia 1ª Prova de MTB em áreas rurais do município

Foram mais de 150 participantes de várias cidades da região que percorrem mais de 50 quilômetros

Posse sedia 1ª Prova de MTB em áreas rurais do município

Santo Antônio de Posse realizou no último domingo (10/12), a 1ª Prova de MTB em áreas rurais do município. O evento reuniu 153 atletas de diversas cidades da região.

A largada aconteceu às 9h00, na Praça Coronel David Baptista (Praça da Matriz), no Centro.

Foram várias categorias em um percurso de mais de 50 quilômetros por estradas de terra. Cerca de duas horas e meia de competição que terminou com a premiação na Praça da Matriz também.

A Corrida foi organizada pelos atletas possenses Samuel Serra e Hurilan Inácio da BBF Race e com apoio de empresas e comércios local e com o apoio do Departamento de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal, da Secretaria Municipal de Saúde e da Polícia Municipal.

PREMIAÇÃO

A premiação em dinheiro foi para os cinco primeiros colocados no geral masculino e feminino, e troféu para os cinco primeiros de cada categoria. Todos os atletas do município receberam medalhas de participação.

CONFIRA OS ATLETAS POSSENSES QUE FORAM DESTAQUES NA COMPETIÇÃO

CATEGORIA JÚNIOR – SPORT
Mateus Marques – 2° lugar

CATEGORIA SUB 30 PRO
Elton H. Demate – 4° lugar
Fábio Silva (Careca) – 5º Lugar

CATEGORIA SUB 35 PRO
LUCIANO Neves (Lião) – 5° LUGAR

CATEGORIA CADETE SPORT
Lucas Contreira – 4º Lugar

CATEGORIA MASTER A
Alexandre de Souza – 3º Lugar

CATEGORIA DUPLA MASCULINA – PRO
Eliezer e Marquinhos Som – 3º Lugar
José Mathias e Vinicius – 5º Lugar

CATEGORIA VETERANO
Isaias Mario – 1º Lugar
Wellington Arcanjo – 3º Lugar

CATEGORIA SUB 45 PRO
Marcos A. Ferreira – 5º Lugar

Deixe um comentário

Acessibilidade

Novo modelo de identidade digital padrão do site pmsaposse.sp.gov.br atende às principais recomendações de acessibilidade indicadas para web.

Garantir a acessibilidade na Web é permitir que qualquer indivíduo, utilizando qualquer tecnologia de navegação, visite qualquer ambiente web e obtenha completo entendimento das informações contidas nele, além de ter total habilidade de interação.

Nesse ambiente, buscou-se contemplar as recomendações do WCAG (World Content Accessibility Guide) do W3C e no caso do Governo Brasileiro ao e-MAG (Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico). O e-MAG está alinhado as recomendações internacionais, mas estabelece padrões de comportamento acessível para sites governamentais.

Na parte superior do site existe uma barra de menus onde se encontra atalhos de navegação padronizados, nos subitens de Acessibilidade há opções para alterar o contraste das cores e o tamanho dos objetos, essas ferramentas estão disponíveis em todas as páginas do site.