Saúde Notícias

Prefeitura promove ações de combate à dengue na Feira Cultural e no Itaquerê

A iniciativa visa coibir a proliferação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti

Prefeitura promove ações de combate à dengue na Feira Cultural e no Itaquerê

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu no último sábado, 16 de março, duas ações em diferentes regiões do município, com intuito de coibir a proliferação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, bem como informar a população dos cuidados necessários a serem mantidos em suas residências e alertar sobre quais são os sintomas da doença. A medida ocorreu de forma simultânea entre as 20 cidades que compõem a Região Metropolitana de Campinas, após a criação pelo Conselho de Desenvolvimento da RMC, do Comitê Metropolitano de enfrentamento à Dengue.

Na Feira Cultural, localizada na Praça do Novo Centro, próxima a Caixa Econômica Federal, uma equipe de profissionais realizou, das 8h às 12h, uma ação educativa com distribuição de informativos e esclarecimento de dúvidas.

Já no bairro Itaquerê, agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combate às endemias (ACE) estiveram nas ruas, das 8h às 12h, em um mutirão para vistoria de imóveis com apoio do caminhão do “Cata Bagulho”, fazendo a remoção de materiais inservíveis e lixo vegetal. 54 chácaras foram vistoriadas, com 15 focos do mosquito sendo eliminados.

Além das ações deste sábado, a Secretaria de Saúde segue tomando um conjunto de medidas de enfrentamento à arbovirose, como:

– Ampliação do atendimento espontâneo nos seis Posto de Saúde da Família, no Ambulatório Municipal de Especialidades Médicas e no Pronto Socorro, de segunda a sexta-feira;

– Decretação de situação de emergência em saúde pública para a dengue;

– Mutirão contra à Dengue em todos os bairros do município entre os dias 5 a 9 de fevereiro;

– Busca ativa diária nos imóveis do município pelos agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combate às endemias (ACE);

– Ciclo de palestras para alunos da rede pública de ensino, entre os dias 20 a 22 de fevereiro;

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Segundo o boletim epidemiológico, das 715 notificações, Santo Antônio de Posse conta com 172 casos confirmados de dengue, 715 notificações de suspeitos aguardando resultado, 102 negativos e 1 óbito.

HISTÓRICO

Desde 2010, Santo Antônio de Posse enfrenta epidemias e surtos de dengue, e a população suscetível é volumosa, aumentando nesta proporção o risco de complicações e óbitos. A partir de 2018, o sorotipo circulando no município é o tipo II, o mais grave quando atinge uma pessoa que anteriormente tenha se contaminado por dengue.

Por isso, é de extrema importância que os munícipes mantenham quintais, terrenos e calçadas limpos e livres de objetos que possam ser criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

SINTOMAS

Os principais sintomas da dengue são: febre alta (maior que 38.5 °C), dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça, manchas vermelhas no corpo. Caso apresente um ou mais desses sintomas, procure a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

COMBATE AO MOSQUITO

Para ajudar, nós te damos algumas dicas para juntos combatermos o mosquito.

– Mantenha fechadas as tampas de vasos sanitários e de ralos pouco usados, como os de áreas de serviço e de lazer, que tenham a possibilidade de acumular água;

– Mantenha o quintal sempre limpo, jogando fora o que não é utilizado;

– Deixe o quintal sempre bem varrido, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas, sacolas plásticas, etc.;

– Tampe tonéis, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;

– Certifique-se de que as lonas de cobertura estejam bem esticadas para não haver acúmulo de água;

– Não deixe acumular água nos vasos de plantas;

– Mantenha a bandeja que fica atrás da geladeira limpa e sem água;

– Coloque garrafas vazias de cabeça para baixo;

– Se por algum motivo tiver pneus no quintal, mantenha-os secos e abrigue-os em local coberto, ou descarte-os corretamente se não tiverem utilidade;

– Escove bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, vasos de plantas, tonéis, caixas d’água) e mantenha-os sempre limpos.

LIMPEZA DE TERRENOS

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Posse, através da Fiscalização de Posturas, alerta os proprietários de imóveis do município sobre a importância de manter terrenos e quintais limpos. A medida visa impedir a criação e proliferação de animais nocivos à saúde pública. Conforme previsto no artigo 18, incisos I e II da Lei Municipal 011A/2010, a limpeza dos terrenos é uma obrigação do proprietário.

A orientação é voltada aos donos de lotes particulares urbanos e de expansão urbana no município. O objetivo é manter a cidade limpa e organizada, sem riscos à saúde dos cidadãos possenses, pensando no bem-estar de toda a comunidade. Para tanto, é importante que todos os munícipes colaborem.

O artigo 18 da lei 011A/2010 estabelece ainda que a limpeza dos lotes por meio de queimadas também é proibida e passível de multa. O não cumprimento desta, implicará na aplicação de penalidade pecuniária de até 100 UFESP (R$ 3.536,00), conforme dispõe a legislação específica.

NOTÍCIAS

Mantenha seu Cadastro Único em dia

O Cadastro Único é uma importante ferramenta de acesso a benefícios sociais, ofertados pelo Governo Federal e Estadual. É através dele que ...
SEGURANÇA

GCM faz visita surpresa para aniversariante

Olha que notícia legal. No último domingo, 10 de março, uma equipe da Guarda Civil Municipal de Santo Antônio de Posse fez uma visita na ...